domingo, 10 de agosto de 2008

Transformações ocorridas com a chegada da Família Real no Brasil - parte II

MUDANÇA DE COSTUMES

Em um país completamente diferente. Eram assim que se sentiam os portugueses que aqui aportaram com a fuga da Corte para o Brasil. E não só eles. Os brasileiros que viviam no Rio de Janeiro também passaram a desconhecer a própria cidade natal, visto que muita coisa estava mudando e o país estava evoluindo, não só nos setores econômicos e comerciais, como também os costumes estavam sofrendo uma enorme alteração.
O Brasil não era um país sofisticado e a sua população, até mesmo aqueles que faziam parte das mais altas camadas da sociedade, não estava acostumada com a luxuosidade de presenciar espetáculos de música e de peças de teatros. Estes últimos eventos foram instalados na sede portuguesa no Brasil por Dom João, logo que este chegou à região carioca, juntamente com outros tipos de “caprichos” do Velho Mundo, como as missões artísticas e científicas. Outra representação pública que foi instalada no Brasil foi o ritual de beija-mão, aonde os súditos eram permitidos de beijar a mão do monarca após um longo ritual; aonde o vestir-se bem e o chegar até o “palácio” real de carruagem faziam parte deste ritual. Tal ato era capaz de mostrar o lado paternal que o príncipe regente tinha sobre a população e a maneira como estes deveriam se portar com educação e inferioridade diante daquele que os governava.

Gravura que relata o Príncipe D. João e os
seus súditos, no famoso ritual do
beija-mão real.

Os brasileiros, em um primeiro momento, aceitaram a imposição dos costumes portugueses sobre eles, visto que se admiravam com o modo como esse povo se vestia e se comportava. As damas brasileiras apreciavam aquela maneira diferente como se vestiam as portuguesas, com longos e detalhosos vestidos, tentando uma maneira de copiá-las.
É muito importante notar que essas mudanças nos costumes dos brasileiros foram essenciais para lançar as bases do nosso povo, que viam nos portugueses uma maneira de serem diferente e de evoluírem culturalmente e socialmente.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Sites:

http://www.revistadehistoria.com.br/v2/home/?go=detalhe&id=1349

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL186399-5598,00.html

Postado por: Thaís Santos / Texto elaborado por: Thaís Santos

2 comentários:

sandra disse...

Vi que fizeram as modificações que eu pedi. O trabalho está interessante.
Acho que poderiam dar uma melhorada no visual do blog,começando por aumentar o tamanho das letras, não sei se ainda conseguem fazer isso. Escolheram uma cor de letra muito clara em alguns textos, não acham que poderiam dar uma colorida em algumas partes do blog?

Ótimo que abordaram as modificações provocadas pela família real na cidade do Rio de Janeiro e na população da época. Os teatros, bibliotecas e outras construções ainda existem atualmente? A casa que a família real ocupava ainda existe hoje? O que funciona no local? Acho interessante falar alguma coisa da atualidade.
Após os textos de autoria de vocês coloquem o nome de quem o escreveu, isso valoriza o trabalho.

rebelde sou eu disse...

eu gostei muito desse Blog pois ele foi um quebra galho pra mim